Pots Recentes

Fazia tempo que eu não ficava triste com um jogo da Seleção. Os 10 a 1 de um ano atrás foram um choque e as derrotas nas Copas anteriores foram irritantes, o sentimento foi de raiva, não tristeza. Sou daqueles torcedores, cada vez mais raros, que prefere uma vitória da Seleção Brasileira que ver seu time golear um rival e o “Escrete Canarinho” sempre foi sinônimo de bom futebol, mas não agora.

Ok, já passamos por crises antes: Como não lembrar da tragédia 2000-01? Terror nas eliminatórias (levar goleada do Chile, perder para o Equador e Bolívia, empatar em casa com o Peru…), sair da Copa América para HONDURAS, HON-DU-RAS, quatro técnicos (Luxa, Candinho, Leão e Felipão) e uma seleção patética na Copa das Confederações.

De lá para cá, um título mundial, várias Confederações, derrotas comuns e alguns vexames. Mas, depois de ultrapassar a crise 2000-01 meu pensamento sempre foi: Temos craques, nascem craques, vamos nos recuperar. OK, eu estava errado, e da Era Mano até hoje, dá para cravar: não somos mais os mesmos, definitivamente.

Ok, convenhamos que eu estava satisfeito com os amistosos dessa nova Era Dunga, “deixa o homem trabalha” eu falava. Mas, caiu a ficha: AMISTOSO É PARA SE TREINAR! Você tem de mexer, mudar, testar e não ganhar, a hora de ganhar é em jogo oficial. Mas não dá para treinar, amistoso é negócio e a Seleção tem de jogar com o time principal.

Mas o pior de tudo é a falta de credibilidade, ex-presidente preso, presidente com “indícios”. O único sentido de trazer Dunga de volta é ele ser “testa de ferro” para tomar as críticas no lugar dos mandatários. Gilmar Rinaldi, putamerda, GILMAR RINALDI num cargo importante, o empresário que no Flamengo preferiu ser beneficiado como empresário que fazer um bom papel como dirigente.

Aí soma com o fato de não termos mais protagonistas, de convocar jogador em liga que não tem a menor competividade (China, Emirados Árabes e afins). Se já era ruim chamar gente de Ligas menos competitivas (Turquia, Rússia e Ucrânia), imagina de ligas praticamente inexistentes. Sem contar com a birra de Dunga com alguns jogadores, que acaba deixando de fora atletas que são melhores do que os que foram à Copa América.

É, o presente está uma merda, mas temos futuro, né? Não! A base no futebol brasileiro serve de vitrine para vender e para ganhar. Caramba, um time sub-20 brasileiro jogando na retranca… futebol de resultado… é… a base deveria servir para formar jogadores e não para vencer. Mas se o time da base não vencer, o treinador da base é demitido, tudo de cabeça para baixo no futebol brasileiro.

Jean Chera: O símbolo da fase da base brasileira

Mas temos ainda os melhores jogadores, certo? Temos o maior talento, né? Não. Temos jogadores mimados, que ganham muito e se acham maiores que os clubes, a culpa nunca é deles em nada e tudo é perseguição, e tudo é chantagem para deixar o clube. E os jogadores experientes, que deveriam carregar a nova geração é formada por juvenis imaturos (Thiago Silva mandou um abraço). Sem contar nos empresários que preferem uma venda milionária para o Uzbequistão que uma carreira prospera.

E a conclusão que se chega? Que está tudo errado, em todos lados. Não se vê salvação no futebol brasileiro nesse momento. O futebol brasileiro, como um todo, precisa de uma reestruturação, não precisa copiar a Europa, mas precisa se mexer, pois tem muita coisa errada, e isso passa também pela mentalidade dos jogadores e, especialmente, os futuros jogadores.

—————-

Estava um pouco enferrujado de escrever. Espero que tenham gostado. Se render, talvez o blog volte a ficar ativo e com um novo leiaute (Sim, essa palavra existe em português).

 

Com a Copa chegando e de olho no apoio da torcida brasileira, a seleção alemã vai usar uma camisa inspirada na camisa do Flamengo no mundial deste ano. Aliás, outras duas seleções da Adidas também vem para o Brasil de vermelho e preto. Na história do mundial, quatro equipes foram obrigadas a jogar com camisas de clubes locais, enquanto apenas uma prestou homenagem mudando o suas cores tradicionais. Aqui vai a listinha das equipes que tiveram a necessidade de mudar sua camisa e a equipe que prestou sua homenagem.

 

*****

Áustria em 1934


Na disputa de terceiro lugar da Copa do Mundo de 1934, a Áustria jogou com a camisa do Napoli contra a Alemanha. As duas equipes não tinham segundos uniformes e foi devido a um “acordo político” que a Áustria era quem deveria usar o uniforme de uma equipe local. No final deu Alemanha por 3 a 2.

 

*****

México em 1950

Em 1950, México enfrentava a Suíça pela última rodada do Grupo 1 da Copa de 50, as duas equipes já haviam sido eliminadas. E como ambas tinham trazido para o Brasil apenas camisas grenás, o jeito foi improvisar. Já antecipando a situação a CBD fez um sorte e foi na moedinha que ficou decido que os mexicanos jogariam com outro uniforme. Para ganhar a simpatia dos torcedores locais, o escrete norte-americano escolheu o Cruzeiro-RS. Na partida equipe mexicana foi derrotada por 2 a 1 no Estádio dos Eucaliptos.

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

*****

Argentina em 1958

Em 1958 a Argentina estreou na Copa com a camisa do Malmo FC da Suécia, mais uma vez contra a Alemanha. O motivo foi que ambas as equipes não tinham segundo uniforme e a seleção alemã era mandante da partida, então coube aos hermanos usarem a camisa emprestada do clube sueco.

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

*****

França em 1978

Copa do Mundo de 1978, partida válida pela última rodada do Grupo 1. França e Hungria já eliminadas apenas cumpriam tabela na única partida apitada por Arnaldo Cezar Coelho naquele mundial. Geralmente as equipes viriam à campo com seu uniforme principal, França de azul e Hungria de vermelho, porém a FIFA orientou a Hungria para usar suas camisas reservas para a transmissão ser melhor para a televisão, enquanto a França deveria ir para campo com as seu uniforme principal.

 

O que ninguém contava é que a França viria com suas camisas brancas como forma de protesto, já que segundo eles a arbitragem foi responsável por seus resultados negativos nas partidas anteriores. Sendo assim, tinhamos em campo duas equipes com camisas semelhantes. Mas Arnaldo falou: “A regra é clara: uniforme igual não pode”, então a França teve de jogar com o uniforme emprestado do Kimberley de Mar del Plata, time semi-amador da terceirona argentina que jogava naquele estádio.

 

A partida acabou 3 a 1 para a França.

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

*****

Costa Rica em 1990

Em 1990 a Costa Rica jogou contra o Brasil usando a camisa em homenagem ao La Libertad, um dos clubes de futebol mais antigos do país. Mas algumas fontes dizem que também serviu para atrair torcedores da Juventus, já que a partida foi realizada no delle Alpi em Turim, porém a equipe costa-riquenha também atuou com as camisas listradas nas oitavas de final em Genoa. A camisa não deu aquela sorte toda, já que a Costa Rica perdeu as duas partidas em que atuou com ela, vencendo as outras duas partidas em que atuou de vermelho.

 

Em 2013, a camisa listrada voltou a ser utilizada e havia a expectativa de que ela seria trazida para a Copa no Brasil para tentar ganhar apoio dos muitos alvinegros espalhados pelo Brasil.

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

Aê pessoal, como de praxe, em toda convocação nós tentamos acerta quem vai e quem fica. Mas como é convocação de Copa, resolvi fazer tudo em vídeo. Preparem-se para ouvir minha linda voz e sotaque #sqn. Eis o Selechute Especial de Copa.

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

E pra quem não quer ver o vídeo, meu palpite é esse:

 

Goleiros

Laterais



Zagueiros

 

Volantes

 

Meias

 

Atacantes

 

Reservas

 

Ano passado não fui muito bem nos palpites. Mas como no Futeblog não se foge da responsabilidade, vamos mais uma vez apostar e, COM CERTEZA, errar muito. Então, baseado nas partidas que vi, esses são meus palpites para os Campeonatos Brasileiros da Séries A e B, as Séries C e D ficam para quando forem começar, já que até o momento já que 10 dos 40 clubes da Série D ainda não estão definidos. Mas uma coisa é certa, esse ano está difícil!

 

Série A

 

Campeão:

Libertadores:

 

Rebaixados:

*Por Karma

 

Série B

 

Campeão:


Promovidos:


Rebaixados:

 

****

E aí? Concordam, discordam, xingam?


 

Pois bem, eis que chega mais um ano e mais um Brasileirão imprevisível vem à tona. Mas como está muito difícil terminar os palpites para este ano vamos ver meu aproveitamento dos palpites do ano passado. Será que errei muito? Sim errei! E pra quem quiser, aqui está a matéria do ano passado.

 

SÉRIE A


Campeão:

Palpite: Corinthians (Errei rude)

 

Libertadores:


Palpites: Grêmio, Atlético Mineiro, Internacional (1 acerto de 3)

 

Rebaixados:

Palpites: Vasco, Portuguesa, Criciúma e Bahia (2 acertos em 4)

*Sempre lembrando que a Portuguesa foi rebaixada por causa dos pontos perdidos no caso Heverton



SÉRIE B


Campeão

Palpite: Palmeiras (Aê)

 

Promovidos:

Palpites: Sport, Chapecoense e Ceará (2 em 3, tá melhorando)

 

Rebaixados

Palpites: Guaratinguetá, São Caetano, ABC e Boa Esporte (2 em 4)

 

Série C

 

Campeão:

Palpite: Mogi Mirim (Ah tá bom)

 

Promovidos: Luverdense, Sampaio Corrêa e Vila Nova

Palpites: Cuiabá, Fortaleza e Brasiliense (Acertei as regiões, conta?)

 

Rebaixados: Brasiliense, CRAC, Grêmio Barueri, Baraúnas e Rio Branco.

Palpites: Barueri, Betim, Baraúnas e Águia. (1 em 4)

*O Rio Branco não estava na competição quando as apostas foram feitas. Caíram 5 e não 4, mas como o Rio Branco que caiu então tudo bem.

 

Série D

 

Campeão

Palpite: Resende
*Quando foi feita a aposta não havia sido definido o representante paraibano.
Promovidos: Juventude, Salgueiro e Tupi.
Palpites: Guarany de Sobral, Nacional-AM e Londrina (Neco de acerto)

Resultado Final

9 Acertos em 28, porcentagem de 23%

 

Vergonhoso, mas esse ano vai ser diferente. Ou não!

 

Copa chegado e as vagas estão afunilando. Então, já que estamos com uma alta porcentagem de acerto, que tal arriscar um pouco na nova lista? Como Felipão só chamará “estrangeiros” para essa lista, vamos só com 19 atletas que atuam fora do país, vamo q’vamo que a convocação é logo, logo!

 

Goleiros

Júlio César (Toronto FC – Canadá)

 

Laterais

Dani Alves (Barcelona – Espanha)

Maicon (Roma – Itália)

Marcelo (Real Madrid – Espanha)

Maxwell (PSG – França)

 

Zagueiros

Thiago Silva (PSG – França)

David Luiz (Chelsea – Inglaterra)

Dante (Bayern de Munique – Alemanha)

 

Volantes

Paulinho (Tottenham – Inglaterra)

Luiz Gustavo (Wolfsburg – Alemanha)

Ramires (Chelsea – Inglaterra)

Hernanes (Inter – Itália)

Fernandinho (Manchester City – Inglaterra)

 

Meias

Oscar (Chelsea – Inglaterra)

William (Chelsea – Inglaterra)

Bernard (Shakhtar – Ucrânia)

 

Atacantes

Hulk (Zenit – Rússia)

Neymar (Barcelona – Espanha)

Robinho (Milan – Itália)

 

Quem pode pintar ainda…

Marquinhos (PSG – França)

Philipe Coutinho (Liverpool – Inglaterra)

Kaká (Milan – Itália)

 

Quem você levaria?

 



Sobre o Autor

Yan Cavalcanti, 22 anos, paraibano apaixonado por futebol desde pequeno. Graduando em Sistemas para Internet pelo IFPB, ex-aluno Marista, Estagiário da Dataprev, Goleiro ofensivo, gamer, e acima de tudo fã de um futebol bem jogado e analista da parte tática, sempre tentando arrumar uma forma de explicar uma partida de futebol.

Sobre o Blog

O Futeblog nasceu da vontade de compartilhar com o mundo minha visão sobre o futebol, espero aqui discutirmos de simples opiniões apaixonadas até questões táticas profundas, conto com ajuda de vocês para que possamos tornar esse blog uma ótima experiência fora das quatro-linhas, do passado ao presente, futeblog está aqui para que nós possamos mostrar como vermos esse esporte que é a maior paixão nacional de todas!

Enquete

Neymar está pronto para guiar a Seleção Brasileira em 2014?

View Results

Loading ... Loading ...