7. Ceará – Vice Campeão 1994

 

Tinha sido rebaixado para série B no ano anterior à competição, o Ceará também havia ficado em segundo lugar no campeonato estadual, e com exceção do Campinense e Linhares, enfrentou apenas adversários de muito nome, mas conseguiu chegar longe. Passou pelo Campinense na primeira fase e logo em seguida eliminou o poderoso Palmeiras e o Internacional. Enfrentou a outra zebra Linhares na semifinal e passou. Chegou a final vencendo todos os confrontos ou por um gol ou por gols marcados fora de casa e enfrentou o Grêmio. Mas dessa vez o clube porto-alegrense não deu chance para zebra e venceu em casa por um a zero, gol de Nildo.

 

1ª fase
Ceará 2×0 Campinense

Campinense 2×1 Ceará

 

Oitavas-de-final

Ceará 0×0 Palmeiras

Palmeiras 1×1 Ceará

 

Quartas-de-final

Ceará 1×0 Inter/RS

Inter/RS 2×1 Ceará

 

Semifinais
Ceará 0×0 Linhares/ES

Linhares/ES 0×1 Ceará

 

Finais
Ceará 0×0 Grêmio

Grêmio 1×0 Ceará

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

6. Sport – Campeão 2008

 

Da lista a menor surpresa, pois a equipe Pernambucana vinha de sucessivos titulos estaduais e havia se estabilizado na Série A, mas não deixou de ser uma grande zebra. O Sport enfrentou o Imperatriz do Maranhão e o Brasiliense antes de começar um calvário de grandes adversários. Passou fácil do Palmeiras e do Inter e penou nos pênaltis contra o Vasco, indo decidir com o Corinthians. O Timão estava na Série B e o titulo da Copa do Brasil junto com a vaga para a Libertadores naquele momento seria fundamental para melhorar a autoestima do corintiano. O Time Paulista fez 3 a 0, mas tomou um gol aos 38 minutos marcado por Enílton. Na partida de volta o Sport conseguiu reverter à situação vencendo por 2 a 0 com gols de Bala e Luciano Henrique, o segundo, aliás, numa falha majestosa do goleiro Felipe.

 

1ª Fase

Imperatriz-MA 2 x 2 Sport

Sport 4 x 1 Imperatriz-PE

 

2ª Fase

Brasiliense 1 x 2 Sport

Sporte 4 x 1 Brasiliense

 

3ª Fase

Palmeiras 0 x 0 Sport

Sport 4 x 1 Palmeiras

 

Quartas

Inter 1 x 0 Sport

Sport 3 x 1 Inter

 

Semi

Sport 2 x 0 Vasco

Vasco 2 x 0 Sport (4 a 5 nos Penaltis)

 

Final

Corinthians 3 x 1 Sport

Sport 2 x 0 Corinthians

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

5. Brasiliense – Vice Campeão 2002

 

A equipe do político Luís Estevão fora criado apenas dois anos antes e estava disputando a série C, quando a grande oportunidade de mostrar seu investimento ao Brasil apareceu, e logo na primeira Copa do Brasil qual participou. Passou com dificuldades do Vasco do Acre e depois pelo Náutico, o que já era um grande feito para uma equipe tão nova. Também com dificuldades passou pelo Confiança de Sergipe e a imprensa parecia ter trucidado o Brasiliense antes da partida contra o Fluminense. O time de Brasília passou, e passou também pelo Atlético Mineiro e foi enfrentar o Corinthians na final. Na primeira partida perdeu de 2 a 1 com um gol de Deivid aos 36 do segundo tempo, na segunda partida começou vencendo, mas deixou o Corinthians empatar Já no segundo tempo com Deivid de novo e acabou ficando com o segundo lugar.

 

1ª Fase

Vasco do Acre 1 x 2 Brasiliense

Brasiliense 1 x 0 Vasco do Acre

 

2ª Fase

Brasiliense 3 x 2 Náutico

Náutico 0 x 0 Brasiliense

 

3ª Fase

Confiança-SE 0 x 0 Brasiliense

Brasiliense 4 x 1 Confiança-SE

 

Quartas

Brasiliense 1 x 0 Fluminense

Fluminense 0 x 1 Brasiliense

 

Semi

Atlético Mineiro 0 x 3 Brasiliense

Brasiliense 2 x 1 Atlético Mineiro

 

Final

Corinthians 2 x 1 Brasiliense

Brasiliense 1 x 1 Corinthians

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

4. Juventude – Campeão 1999

Tinha ido mal ao campeonato Nacional anterior, mas continuava na primeira divisão, o Juventude fez história na Copa do Brasil, não só pelo título, mas também por suas históricas goleadas no Fluminense (6 a 0) e no Inter (4 a 0). Passou por Guará-DF, Fluminense, Corinthians e Inter para chegar ao Botafogo na final. O alvirrubro chegava favorito à partida decisiva por ter feito um gol fora na derrota por 2 a 1, mas não capaz de vazar a defesa do goleiro Émerson. O 0 a 0 consagrava o primeiro titulo nacional do Juventude.

 

1ª Fase

Guará-DF 1 x 5 Juventude (Eliminou jogo de volta)

 

2ª Fase

Fluminense 3 x 1 Juventude

Juventude 6 x 0 Fluminense

 

3ª Fase

Juventude 2 x 0 Corinthians

Corinthians 0 x 1 Juventude

 

Quartas

Juventude 2 x 2 Bahia

Bahia 2 x 2 Juventude (1 a 4 nos Penaltis)

 

Semi Final

Juventude 0 x 0 Inter

Inter 0 x 4 Juventude

 

Final

Juventude 2 x 1 Botafogo

Botafogo 0 x 0 Juventude

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

3.Santo André – Campeão 2004

 

O Santo André tinha acabado de subir para a Série B e entrou sem qualquer pretensão na Copa do Brasil. Havia terminado em 9º no Paulista e levando em conta seus adversários até então, era completamente plausível que pudesse chegar as quartas de final, havia passado por Novo Horizonte, Atlético Mineiro e Guarani. Depois de dois grandes empates (3 a 3 e 4 a 4) o Santo André se classificara para as semifinais contra outra zebra: o 15 de Campo Bom de Mano Menezes. Perdeu por 4 a 3 a primeira partida, mas a vitória por 3 a 1 em casa fez com que o Santo André se classificasse para enfrentar o Flamengo. Depois de um empate em 2 a 2 na cidade de São Paulo o Ramalhão foi para o Maracanã fazer um milagre. Depois de ter jogado mal todo o primeiro tempo eles ressurgiram marcaram duas vezes (Sandro Gaúcho e Elvis) para derrotar e humilhar o Flamengo de Abel Braga e Júlio César.

 

1º Fase

Novo Horizonte-GO 0 x 5 Santo André (Eliminou partida de volta)

 

2º Fase

Santo André 3 x 0 Atlético Mineiro

Atlético Mineiro 2 x 0 Santo André

 

3º Fase

Guarani 1 x 1 Santo André

Santo André 0 x 0 Guarani

 

Quartas de Final

Santo André 3 x 3 Palmeiras

Palmeiras 4 x 4 Santo André

 

Semi Final

Santo André 3 x 4 15 de Novembro

15 de Novembro 1  x 3 Santo André

 

Final

Santo André 2 x 2 Flamengo

Flamengo 0 x 2 Santo André

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

2. Criciúma – Campeão 1991

 

Desde 1989 na série B, o Criciúma já tinha chegado longe na Copa do Brasil anterior. Mais uma vez entrando como grande azarão e surpreenderam o Brasil. Comandados por Felipão a equipe catarinense passou fácil pelo Sul Mato-grossense Ubiratan, 1 a 1 no primeiro jogo, 4 a 1 no segundo. Começou a zebrar ao vencer as duas partidas contra o Atlético Mineiro por 1 a 0. Teve ajuda da tabela e enfrentou equipes mais fracas nas quartas e semifinais e chegou à decisão contra o Grêmio. Conseguiu um empate em 1 a 1 em Porto Alegre com o grêmio empatando no final do jogo. Na partida decisiva empatou em 0 a 0 sagrando-se Campeão da Copa do Brasil.

 

1ª Fase

Ubiratan-MS 1 x 1 Criciúma

Criciúma 4 x 1 Ubiratan-MS

 

2ª Fase

Criciúma 1 x 0 Atlético Mineiro

Atlético Mineiro 0 x 1 Criciúma

 

Quartas

Goiás 0 x 0 Criciúma

Criciúma 3 x 0 Goiás

 

Semi

Remo 0 x 1 Criciúma

Criciúma 2 x 0 Remo

 

Final

Grêmio 1 x 1 Criciúma

Criciúma 0 x 0 Grêmio

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

1. Paulista – Campeão 2005

Vindo da Série C para a B, o Paulista buscava repetir o feito do outro paulista Santo André. E seu feito foi impressionante, enfrentou apenas grandes e conseguiu passar por todos, ainda tendo disputado duas disputas por pênaltis. Passou por Juventude na primeira fase, depois Botafogo, Inter (nos Pênaltis), Figueirense (nos Pênaltis), Cruzeiro e na final enfrentou o Fluminense. O tricolor carioca entrou de salto alto e acabou perdendo por 2 a 0 na primeira partida em jundiá. O empate sem gols garantiu o primeiro titulo da Copa do Brasil para o Paulista e colocou Vagner Mancini no cenário brasileiro.

 

1ª Fase

Paulista 1 x 0 Juventude

Juventude 1 x 1 Paulista

 

2ª Fase

Paulista 1 x 1 Botafogo

Botafogo 2 x 2 Paulista

 

3ª Fase

Inter 1 x 0 Paulista

Paulista 1 x 0 Inter (4 a 2 nos Penaltis)

 

Quartas de Final

Figueirense 1 x 0 Paulista

Paulista 1 x 0 Figueirense (3 a 1 nos Penaltis)

 

Semi Final

Paulista 3 x 1 Cruzeiro

Cruzeiro 3 x 2 Paulista

 

Final

Paulista 2 x 0 Fluminense

Fluminense 0 x 0 Paulista

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.


  1. Doyle disse:

    Thank you for the good writeup. It in reality used to be a amusement account it.

    Glance advanced to far delivered agreeable from you! However, how could we be
    in contact?

  2. minecraft disse:

    Wonderful beat ! I wish to apprentice even as you amend your site, how can i subscribe for a blog web site?

    The account aided me a applicable deal. I have been tiny
    bit acquainted of this your broadcast provided vibrant clear idea

Deixe seu Comentário

Guest no horário do Servidor é Monday, August 20, 2018 08:32:24

Connect with:



Sobre o Autor

Yan Cavalcanti, 22 anos, paraibano apaixonado por futebol desde pequeno. Graduando em Sistemas para Internet pelo IFPB, ex-aluno Marista, Estagiário da Dataprev, Goleiro ofensivo, gamer, e acima de tudo fã de um futebol bem jogado e analista da parte tática, sempre tentando arrumar uma forma de explicar uma partida de futebol.

Sobre o Blog

O Futeblog nasceu da vontade de compartilhar com o mundo minha visão sobre o futebol, espero aqui discutirmos de simples opiniões apaixonadas até questões táticas profundas, conto com ajuda de vocês para que possamos tornar esse blog uma ótima experiência fora das quatro-linhas, do passado ao presente, futeblog está aqui para que nós possamos mostrar como vermos esse esporte que é a maior paixão nacional de todas!

Enquete

Neymar está pronto para guiar a Seleção Brasileira em 2014?

View Results

Loading ... Loading ...