Faltando cinco dias para a estreia nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e o Brasil fez uma tranquila partida amistosa contra os donos da casa. A pergunta é: a Seleção está pronta para trazer o ouro olímpico?

 

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

 

O escrete nacional pareceu dominar completamente a partida, como se jogasse contra uma equipe amadora, não se sabe se isto se deve ao fato da equipe Britânica está má formada e com pouco tempo de treino ou se o Brasil se achou. O fato é que nossa seleção é praticamente a principal, e a seleção da Grã-Bretanha estava com atletas que nem titulares são. Fora Giggs e Bellamy, que não jogam mais pela seleção do País de Gales.

 

Só dava Brasil, a nossa seleção atacou e abriu o placar logo cedo numa cobrança de falta ensaiada. Enquanto a defesa britânica se preparava para uma bomba vindo de Hulk, a metros de distância da bola, ao soar o apito Neymar cobrou rápido e encontrou Sandro sozinho para cabecear no contrapé do goleiro. 1 a 0 Brasil.

 

Ryan Giggs e Hulk no amistoso do Brasil contra a Grã-Bretanha (Foto: Getty Images)

 

A superioridade brasileira era grande, enquanto isso Giggs parecia caminha em campo, não estava aguentando. Neymar passou a ser cassado pela torcia, que julgou que ele sempre se jogava em qualquer tipo de dividida (o que tem uns pingos de verdade). Hulk entrou na área e foi derrubado, Neymar marcou de Pênalti, provocou a torcida, levou uma dura e foi só. Fim de papo.

 

O segundo tempo foi bom para mostrar que temos problemas na saída de bola, com Rafael Silva e Juan. Também que Rafael Cabral está esperto e foi bem no amistoso. No mais o Brasil puxou o freio de mão e só voltou a atacar quando o jogo estava a acabar com a entrada de Ganso, Lucas e Pato. Nenhum dos três convenceu, Ganso errou praticamente todos os passes. E o goleiro que entrou no segundo tempo ainda fez boas defesas.

 

 

O Brasil jogou com um esquema parecido com o que jogou contra a Argentina, Hulk pela esquerda, mais adaptado ao lado, mas ainda assim mudando para a direita quando necessário. Neymar jogou centralizado no meio e Oscar caindo para a direita. A defesa foi mais tranquila e falhou apenas nas saídas. Sandro e Rômulo continuam dando qualidade no meio campo e bons passes. Leandro Damião está em má fase, anda lutando pouco e perdendo alguns gols, isso pode prejudicar a equipe, mas Pato entrou e também não fez muito. O time titular é esse e não dá para mudar.

 

A meu ver a seleção está pronta para enfrentar a Olimpíada e sair com um belo resultado. Além do mais, as coisas só vão endurecer a partir da semifinal, então ainda tem um grupo fácil para retocar alguns erros e arrumar a melhor maneira de jogar. O Brasil estreia contra o Egito dia 26, um dia antes da cerimônia de abertura dos jogos. Podemos apostar numa boa campanha da nossa seleção que se achou depois de um longo período de maus jogos, agora estamos com um esquema definido e um time coeso e dinâmico. Boas expectativas para medalhas para nosso futebol, eu acredito! E você?

 

Até onde vai a Seleção Brasileira na Olimpíada?

View Results

Loading ... Loading ...