Em 2009, Vagner Love, então ídolo do Palmeiras, foi agredido por torcedores após sair de um banco. A motivação? O clube estava em primeiro lugar com uma distancia considerável e pintava como Campeão Brasileiro daquele ano. Porem, o time acabou ficando sem sequer a vaga para a Copa Libertadores. O episódio abalou a relação Love-Palmeiras e fez o centroavante ir, pela primeira vez, para o clube de seu coração. Ontem (18) Love teve sua vingança contra os torcedores que o agrediram. Coube a ele marcar o gol que rebaixou o verdão para a Série B.

 

 

O problema do Palmeiras começou com o titulo da Copa do Brasil e a vaga na Libertadores, paradoxal não? A questão é que um time bastante limitado venceu a competição de mata-mata e achou-se no direito de cochilar no Brasileirão, coisa que um time que vence a Libertadores geralmente faz, sendo que, o Palmeiras não tinha a qualidade de um time campeão de Libertadores, então na hora de acordar a coisa acabou ficando feia.

 

 

Existem muitos culpados para a segunda queda do gigante paulista, mas o problema palmeirense vem, faz um bom tempo, lá de cima. A diretoria parece ser o grande culpado pela mediocridade das ultimas temporadas. Mas num rebaixamento a culpa deve ser parcelada por todos. O time era fraco, dependente de bolas aéreas e de um bom jogo de Barcos, nada mais que isso. E até a torcida fazendo pesadas ameaças e quebrando tudo tem sua parcela de culpa pela queda!

 

 

E agora o verdão precisa de um forte time para Libertadores e um time não tão caro para a Série B. Depois de 10 anos, o Palmeiras ainda quebra uma máxima do futebol brasileiro: Time Grande que caí, sobe melhor e se organiza. Não funcionou para o Palmeiras, agora ele tem uma segunda chance, e é bom dessa vez aproveita-la ao máximo.




Sobre o Autor

Yan Cavalcanti, 22 anos, paraibano apaixonado por futebol desde pequeno. Graduando em Sistemas para Internet pelo IFPB, ex-aluno Marista, Estagiário da Dataprev, Goleiro ofensivo, gamer, e acima de tudo fã de um futebol bem jogado e analista da parte tática, sempre tentando arrumar uma forma de explicar uma partida de futebol.

Sobre o Blog

O Futeblog nasceu da vontade de compartilhar com o mundo minha visão sobre o futebol, espero aqui discutirmos de simples opiniões apaixonadas até questões táticas profundas, conto com ajuda de vocês para que possamos tornar esse blog uma ótima experiência fora das quatro-linhas, do passado ao presente, futeblog está aqui para que nós possamos mostrar como vermos esse esporte que é a maior paixão nacional de todas!

Enquete

Neymar está pronto para guiar a Seleção Brasileira em 2014?

View Results

Loading ... Loading ...